Viver no Senhor – Um blog a serviço da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, a Igreja Católica Apostólica Romana. – – – Sejam Todos Bem-Vindos! Quando neste blog é falado, apresentado algo em defesa da Igreja, contra o protestantismo, é feito com um fundo de tristeza ao ver que existem "cristãos" que se levantam contra a única Igreja edificada pelo Senhor Jesus no mundo. Bom seria se isto não existisse, a grande divisão cristã. Mas os filhos da Igreja têm que defendê-la. Saibam, irmãos(ãs), que o protestantismo, tendo que se sustentar, se manter, se justificar, terá que ser sempre contra a Igreja católica (do contrário não teria mais razão de sê-lo) ainda que seja pela farsa, forjar documentos, aumentar e destorcer fatos (os que são os mais difíceis para se comprovar o contrário pelos cientistas católicos, pois trata-se de algo real, mas modificado, alterado para proveito próprio.) E tentarão sempre atingir a Igreja na sua base: mentiras contra o primado de São Pedro, contra o Papa e sua autoridade, contra o Vaticano, contra a sua legitimidade, etc, etc. São, graças a Deus, muitos sites católicos que derrubam (refutam) estas mentiras, provando o seu contrário, bastando portanto se fazer uma pesquisa séria, por exemplo, com o tema: cai a farsa protestante, refutando o protestantismo, etc. O Espírito Santo jamais abandona sua Igreja. Que saibamos, por este Espírito, amar aos protestantes que não participam destas ações malignas, e aos que se incumbem destas ações, os inimigos da Igreja, que saibamos, ainda que não consigamos amá-los o bastante, ao menos respeitá-los, em sua situação crítica perante Jesus e desejar a eles a conversão e a Salvação de Nosso Senhor Jesus. "Se soubéssemos verdadeiramente o que é o inferno, não o desejaríamos ao pior inimigo".

Public Domain

Aleteia
Duas etapas espirituais profundamente intensas: aparentemente contraditórias, elas foram complementares no seu caminho de santidade.
Somente após a morte da Santa Madre Teresa de Calcutá é que se soube que ela tinha tido visões de Jesus antes de fundar a congregação das Missionárias da Caridade. No decurso da sua causa de canonização, foram encontrados documentos que relatavam as locuções e visões experimentadas pela religiosa várias décadas antes, entre 10 de setembro de 1946 e 3 de dezembro de 1947, quando ela ainda fazia parte das Irmãs de Loreto.
Um dos relatos registra que, durante a Comunhão, ela ouviu de Jesus:
“Quero religiosas indianas, vítimas do Meu amor, que sejam Marta e Maria, que estejam tão unidas a Mim que irradiem o Meu amor às almas“.
Foi nessas locuções que Jesus a inspirou a fundar as Missionárias da Caridade.
Outra frase de Jesus a ela foi “Venha, seja Minha luz“, título da coletânea de cartas privadas da então beata Madre Teresa, publicada como livro pelo pe. Brian Kolodiejchuk, postulador da causa de canonização.
Em outra das visões, Jesus indicou à madre que a nova congregação deveria contar com “freiras livres, cobertas da Minha pobreza da Cruz. Quero freiras obedientes, cobertas da minha obediência na cruz. Quero freiras cheias de amor, cobertas da minha caridade na Cruz“.
Após o período de visões e locuções do Senhor, a religiosa passou a sofrer, em 1949, uma etapa de escuridão e aridez espiritual que se prolongaria durante incríveis 50 anos. Trata-se da provação conhecida como “noite escura da alma“, vivenciada e relatada por diversos santos ao longo da história da Igreja. Nessa experiência dolorosa, a pessoa é purificada antes da união íntima e transformadora com Cristo. A futura santa relatou essa longa fase de escuridão em cartas aos seus confessores e diretores espirituais. Um dos confessores, conforme recorda o pe. Kolodiejchuko, era o padre jesuíta Neuner, que, em 1962, declarou que a noite escura vivida pela Madre Teresa era o “lado espiritual do seu trabalho apostólico”.
Site: Aleteia
Editado por Henrique Guilhon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: