Viver no Senhor – Um blog a serviço da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, a Igreja Católica Apostólica Romana. – – – Sejam Todos Bem-Vindos! Quando neste blog é falado, apresentado algo em defesa da Igreja, contra o protestantismo, é feito com um fundo de tristeza ao ver que existem "cristãos" que se levantam contra a única Igreja edificada pelo Senhor Jesus no mundo. Bom seria se isto não existisse, a grande divisão cristã. Mas os filhos da Igreja têm que defendê-la. Saibam, irmãos(ãs), que o protestantismo, tendo que se sustentar, se manter, se justificar, terá que ser sempre contra a Igreja católica (do contrário não teria mais razão de sê-lo) ainda que seja pela farsa, forjar documentos, aumentar e destorcer fatos (os que são os mais difíceis para se comprovar o contrário pelos cientistas católicos, pois trata-se de algo real, mas modificado, alterado para proveito próprio.) E tentarão sempre atingir a Igreja na sua base: mentiras contra o primado de São Pedro, contra o Papa e sua autoridade, contra o Vaticano, contra a sua legitimidade, etc, etc. São, graças a Deus, muitos sites católicos que derrubam (refutam) estas mentiras, provando o seu contrário, bastando portanto se fazer uma pesquisa séria, por exemplo, com o tema: cai a farsa protestante, refutando o protestantismo, etc. O Espírito Santo jamais abandona sua Igreja. Que saibamos, por este Espírito, amar aos protestantes que não participam destas ações malignas, e aos que se incumbem destas ações, os inimigos da Igreja, que saibamos, ainda que não consigamos amá-los o bastante, ao menos respeitá-los, em sua situação crítica perante Jesus e desejar a eles a conversão e a Salvação de Nosso Senhor Jesus. "Se soubéssemos verdadeiramente o que é o inferno, não o desejaríamos ao pior inimigo".


PHN

Padre Adriano Zandoná
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com
Padre Adriano Zandoná
Nascer de novo é o caminho de salvação proposto por Jesus
Nicodemos foi incomodado e instigado por Deus a procurar Jesus, atiçando-lhe a curiosidade a respeito do ministério de Nosso Senhor Jesus Cristo. Nicodemos, no entanto, foi encontrar-se com Jesus à noite. Por quê? Sempre que fazemos algo de que temos vergonha, fazemos isso longe da vista dos outros.
Jesus, no entanto, podia ver Nicodemos; depois de entrar na casa dele, revelou ao homem como deveria ser o caminho para a salvação: nascer de novo. Mas como se nasce de novo? É uma transformação pelo Espírito Santo, a Terceira Pessoa da Trindade.
A transformação que Jesus propõe não é superespiritual, é uma transformação que muda o caráter do ser para que ele possa ser exemplo no meio de outros seres humanos; logo, Jesus não quer que nossa espiritualidade sacrifique nossa humanidade.
Jesus quer que nos façamos novos, deixando que o Espírito molde nosso caráter por meio da nossa consciência. Nosso Salvador se fez carne para mostrar que não é a carne que nos faz pecar, mas a nossa natureza pecadora, que precisa ser trabalhada por Ele.
Para que venhamos a pecar não é necessário esforço, somos como carros numa ladeira que leva para o inferno, é nossa natureza. Fazer o certo, por outro lado, é subir ladeira acima, e isso exige de nós esforço. Não dá para seguir na contramão do pecado se você tem vergonha de assumir seu relacionamento com Cristo!
Deus age em nosso favor quando estamos dispostos a fazer o necessário por nós mesmos. O ser humano é mal acostumado a fazer escolhas, a não querer as consequências, mas Deus não tira dele seu livre arbítrio.
Se você, até hoje, escolheu viver um relacionamento em segredo com Jesus, se você está na igreja, mas sua vida continua descendo ladeira abaixo, use do seu direito de escolha, nasça você também de novo. Dê liberdade ao Espírito Santo e você caminhará para viver verdadeiramente o PHN, um caminho de busca da santidade.


“É preciso viver a radicalidade sem deixar a humanidade.” Padre Adriano Zandoná

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos

Leia também:


Padre Adriano Zandoná
Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Título Original: Nascer de novo
Site: Eventos Canção Nova
Editado por Henrique Guilhon

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: