Viver no Senhor – Um blog a serviço da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, a Igreja Católica Apostólica Romana. – – – Sejam Todos Bem-Vindos! Quando neste blog é falado, apresentado algo em defesa da Igreja, contra o protestantismo, é feito com um fundo de tristeza ao ver que existem "cristãos" que se levantam contra a única Igreja edificada pelo Senhor Jesus no mundo. Bom seria se isto não existisse, a grande divisão cristã. Mas os filhos da Igreja têm que defendê-la. Saibam, irmãos(ãs), que o protestantismo, tendo que se sustentar, se manter, se justificar, terá que ser sempre contra a Igreja católica (do contrário não teria mais razão de sê-lo) ainda que seja pela farsa, forjar documentos, aumentar e destorcer fatos (os que são os mais difíceis para se comprovar o contrário pelos cientistas católicos, pois trata-se de algo real, mas modificado, alterado para proveito próprio.) E tentarão sempre atingir a Igreja na sua base: mentiras contra o primado de São Pedro, contra o Papa e sua autoridade, contra o Vaticano, contra a sua legitimidade, etc, etc. São, graças a Deus, muitos sites católicos que derrubam (refutam) estas mentiras, provando o seu contrário, bastando portanto se fazer uma pesquisa séria, por exemplo, com o tema: cai a farsa protestante, refutando o protestantismo, etc. O Espírito Santo jamais abandona sua Igreja. Que saibamos, por este Espírito, amar aos protestantes que não participam destas ações malignas, e aos que se incumbem destas ações, os inimigos da Igreja, que saibamos, ainda que não consigamos amá-los o bastante, ao menos respeitá-los, em sua situação crítica perante Jesus e desejar a eles a conversão e a Salvação de Nosso Senhor Jesus. "Se soubéssemos verdadeiramente o que é o inferno, não o desejaríamos ao pior inimigo".

Mons. Jonas Abib
Quando entramos em sintonia com Deus, tudo muda em nossa vida, por isso o Senhor quer que O adoremos
Ao adorar o Senhor, nós o buscamos; e à medida que fazemos isso, vamos, cada vez mais, tornando-nos semelhantes a Ele. Por isso precisamos adorar, para nos tornarmos imagem e semelhança de Deus, a fim de vivermos a eternidade. O que são cem anos, nesta vida, comparados à vida eterna? Nossa vida desemboca na eternidade, e isso não quer dizer apenas uma vida que não vai acabar, mas a plenitude, a perfeição completa.
Deus procura verdadeiros adoradores, embora Ele não precise deles. No entanto, o Senhor sabe que nós precisamos adorá-Lo. Quando entramos em sintonia com o Senhor, tudo muda na nossa vida, por isso Ele quer que O adoremos, pois precisamos d’Ele.
Esse esforço de estar em contato com o Pai faz com que entremos em sintonia com Ele. Medimos muito as coisas pelo nosso bem-estar no momento, não aguentamos muito a dor; se há algum desconforto, já não estamos bem. Não podemos medir as coisas pelo bem-estar e conforto do momento, temos de olhar o objetivo, ter uma visão completa do que Deus quer fazer de nós à Sua imagem e semelhança (cf. Gênesis 1,26b).
Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova
Título Original: Por que adoramos Deus?
Foto: Web
Site: Padre Jonas Canção Nova
Editado por Henrique Guilhon

Comentários em: "Adoramos unicamente a Deus, pois só a Ele devemos nossa existência" (2)

  1. Natto Pinheiro disse:

    Hoje, vejo que seguir a Deus é tudo o que devo fazer, obsessão por Deus e pelos seus ensinos, é o que todos os que creem devem fazer. Ler a Bíblia e segui-la é o ápice da vida de um filho. Obs: se nosso pai terreno nos diz, não faça isto. Você o obedece, imagine Deus dizer a você pobre mortal. Não faça. cara mas do que nunca tenho que obedecer. Deus disse: não adore nada somente a mim; não mate; não roube; não minta; não se embriague; não adultere; não cobices; não inveje; não odeie; não cometa falso testemunho; e você faz tudo ao contrário, como deseja ser abençoado? e por fim ainda duvida de Deus. reflita pense, vai ao pé da cruz e te humilha, não tenha vergonha, não troca tua eternidade por míseros setenta anos, você é inteligente foste Tu criado e não evoluído, tua existência está apenas por um sopro, Deus te dá tudo o que queres, somente Ele. os outros não tem nada a te oferecer. Tua carne te oferece o mundo, e as únicas coias que o mundo te dá é: imundices e procrastinações. Ainda há tempo.

    • Caro Natto Pinheiro, triste encontrar pessoas com mentalidades tão estatizadas, que parecem tristemente ter sido enraizadas numa terra de ignorância profunda e interminável, mas o mais absurdo e triste ainda é notar que tais pessoas fazem questão de permanecerem como estão, e o pior, querem que todos permaneçam como ele. Vou ser bem breve e objetivo. A palavra IDOLATRIA, tem na sua composição, a saber: ÍDOLO+LATRIA, onde o ÍDOLO, longe de significar uma simples imagem, significa em sua profundidade, qualquer coisa que seja posta no lugar de Deus na vida do indivíduo. Seja este o dinheiro, posição social, pessoas, etc. Já o LATRIA que é o ADORAR, é um ato, um “sentimento” de amor único e inteiro, que só é devido ao Criador, ou seja, da criatura para o Criador, de mim para o meu Deus. E vem então, algo estarrecedor, uma atitude que deixa qualquer um que entende do assunto, de certa forma, “boquiaberto”: Sendo o LATRIA, um sentimento, e, só quem sabe que o tem, é a pessoa que sente, como alguém pode acusar um outro de adorar algo? A desculpa de ajoelhar-se perante uma imagem, nunca comprovará nada. Ela estará se prostrando a tal imagem, por respeito, por VENERAÇÃO. Há vários atos de prostração, na Bíblia, onde quem o faz, age por respeito e não por adorar: “Joab foi ter com o rei e contou-lhe tudo. Absalão foi chamado, entrou à presença do rei e prostrou-se diante dele com o rosto por terra. E o rei o beijou. (II Samuel 14, 33)”, “E dirigindo-se a um cusita: Vai ter com o rei, disse-lhe, e anuncia-lhe o que viste. O cusita prostrou-se diante de Joab e partiu correndo. (II Samuel 18, 21)” , “A mulher veio, pois, de Técua, e apresentou-se ao rei; lançou-se por terra e prostrou-se, dizendo: Salva-me, ó rei, salva-me! (II Samuel 14, 4)” . “Aquimaas, chegando, disse ao rei: Salve! e prostrou-se diante dele com a face por terra. Depois ajuntou: Bendito seja o Senhor, teu Deus, que te entregou os homens que ergueram a mão contra o rei, meu senhor. (II Samuel 18,28)”. Uma pessoa, por exemplo, pode está almoçando na casa de um amigo, mas só pelo ato de está almoçando, não significa que o mesmo esteja gostando totalmente da comida. Ela pode está comendo para não causar alguma desfeita. Ou seja, por um simples ato, ninguém pode “taxar” alguém de “adorar” algo. Quem sabe o que sente é a pessoa. Há algo talvez mais impressionante ainda. É alguém querer que, uma pessoa que sabe que o que ela sente por Deus, só sente por Ele, querer que essa pessoa imagine que ela tenha tal sentimento por algo, por uma imagem, etc. É o cúmulo do absurdo. Tenho imagens em minha casa e não sinto por elas, o que sinto unicamente por Deus. São simples imagens e toda pessoa de sã consciência sabe muito bem que uma imagem, uma foto, são representações de uma pessoa e não A PESSOA. Outra coisa, Jesus edificou uma única Igreja, Mt, 16,18 , que é coluna e sustentáculo da verdade, 1º Tim 3,15. Jamais deixaremos a única Igreja edificada que sustenta toda verdade, pela vontade do próprio Deus, para seguir achismos alienados, camuflados de conselhos de “sabedoria”. Renunciado está terminantemente tudo isso. Que Deus verdadeiramente toque em seu entendimento e você tenha a coragem como muitos protestantes já tiveram e saíram da toca protestante para descobrir o que realmente é a Igreja edificada, Católica Apostólica Romana. A Paz de Jesus e o amor de Maria!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: